PROJETO DESASSOREAMENTO DO RIO PROVA MAIS UMA VEZ SUA EFICÁCIA.

09/03/2020 às 15h25

“O projeto de desassoreamento do rio teve início no ano de 2015, após uma análise técnica realizada por um especialista em hidrologia ao logo de 8 quilômetros do rio, assim foi possível definir o método executivo que melhorasse a estrutura, capacidade e vazão do mesmo. Este é mais um projeto intersetorial, ou seja, os setores público, privado e terceiro setor trabalhando juntos para beneficiar a comunidade”.

Denis Donato - Gerente Executivo da Adesita

“O método executivo foi eficiente, porém infelizmente tivemos o transbordamento no único ponto onde não conseguimos avançar com os equipamentos, devido ao nível do rio já estar elevado, pois estávamos operando com as máquinas embaixo de forte chuva, o que é comum para o mês de dezembro e esta ação colocaria em risco os operadores.”

Fabiano Lopes - Líder do Projeto na Adesita

“Com relação as enchentes aqui na rua da carioca, o último transbordamento do rio que ocorreu em novembro foi uma coisa absurda, transbordou demais. Eu moro aqui na carioca, minha família sempre morou aqui e sempre tivemos problemas com o rio.

Foi feito este trabalho de desassoreamento após essa enchente de novembro e desde então, não tivemos mais problema algum, o rio não transborda, pois ele suporta o volume de água, e mesmo com as constantes chuvas, ele não transbordou aqui em frente à minha residência, nº 125, próximo ao Posto Zema. Foi feito um excelente trabalho que nos beneficiou demais, por isso sou muito grata ao trabalho que foi feito aqui”.

Rosemarcia da Silva - moradora do bairro Santa Rita

 

 “Primeiramente quero agradecer a equipe da Adesita, coordenada pelo Denis, pelo trabalho sensacional que foi feito no rio Itabirito.

Chequei em Itabirito a 15 anos atrás e desde então estou trabalhando aqui no centro da cidade e participei de vários transbordos do rio, inclusive um destes transbordos vindo até quase no quebra-molas em frente ao restaurante, porém com os trabalhos de desassoreamento do rio, que vem melhorando a cada ano, vamos colhendo os frutos. Eu que já tive minha casa invadida pela enchente, sei bem os estragos que ela pode causar, por isso só tenho a agradecer.”

Amilton Diniz - Empresário

 

 “Com a participação das empresas mineradoras, (Vale, Gerdau, Herculano e SAFM) foi possível conseguir recursos para que fosse feito o desassoreamento do Rio Itabirito e do Córrego da Carioca. Foi fundamental essa limpeza para que o rio aumentasse a sua fluidez e mesmo com as chuvas de 2019 e 2020, ele se comportou de um maneira onde conseguiu dar vazão a toda a água da chuva, e mesmo com a pluviometria de mais de 140 mm em menos de 3 horas, isso foi fundamental  para que ele não saísse da caixa. Temos que agradecer as mineradoras por esta iniciativa de desassorear o rio, inclusive em locais que nunca tinham sido feitos como por exemplo a barragem do Curtume Santa Luzia. Sabemos que muitas coisas ainda precisam ser feitas em nosso rio, mas com certeza este trabalho evitou as enchentes em Itabirito neste período.”

Orlando Caldeira - Prefeito de Itabirito

 

“Considero que os trabalhos foram feitos em um período já de risco, com muitas chuvas entre novembro e dezembro, mas ainda assim ele foi extremamente importante e fundamental para evitar que houvesse transbordamento do rio em pontos onde o assoreamento já era significativo. Os trabalhos realizados em 2019 foram muitos importantes, pois pela primeira vez foi feito o desassoreamento na PCH Santa Luzia, um ponto onde já havia um acumulo muito grande de sedimentos, cerca 7 metros próximo ao barramento. Nesse início de ano tivemos a comprovação da eficácia do trabalho realizado, pois recebemos o maior volume  de chuvas da última década e ainda sim, tivemos o transbordamento apenas na Vila Alegre, com um volume muito menor do que nas últimas ocasiões e nos demais pontos onde houveram o desassoreamento não houve a saída do rio, portanto foi um trabalho muito bem feito e isso nos encoraja a trabalhara agora em 2020 para expandir a ação de desassoreamento, inclusive já está prevista para o final de março uma varredura em toda a calha do Rio Itabirito e também nos córregos e ribeirões.”

Frederico Leite - Secretário Municipal de Meio Ambiente


Voltar

Confira também:


ADESITA
Agência de Desenvolvimento Econômico e Social de Itabirito

Rua Dr. Guilherme, 44 | Centro, Itabirito/MG
(31) 3563.1958
contato@adesita.org.br